Páginas

segunda-feira, 20 de julho de 2015

MARINGÁ - "Com 1.119 casos de dengue, traça estratégias para frear doença"


O DIÁRIO - Os números da dengue em Maringá não param de crescer. Apesar do inverno, a cidade tem feito diagnósticos semanais, contabiliza 1.119 casos da doença e se aproxima de uma epidemia; condição que deixou a Secretaria de Saúde em alerta. Nesta (20) uma reunião extra do Comitê de Combate à Dengue decidiu quais estratégias serão colocadas em prática ainda esta semana para frear o avanço de casos na cidade. Entre as ações está a criação de um selo, que será fixado nas residências onde não forem encontra dos focos do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue. A ideia, segundo a secretária de Saúde, Carmen Inocente, é fazer com que a atitude do morador, de manter a casa sem focos, influencie o restante do bairro. "Estimula tanto o vizinho quanto o proprietário do imóvel a manter o quintal limpo." O combate ao mosquito também será feito por mutirões de limpeza nas áreas mais críticas e pelo maior envolvimento dos agentes comunitários de saúde na conscientização dos moradores. Na quarta­ feira (22), está marcada nova reunião, às 14 horas, desta vez com os conselhos locais de saúde, para definir o calendário de ações e os bairros que receberão a força­ tarefa contra a dengue.