Páginas

quarta-feira, 27 de abril de 2016

REGIÃO - RECLAMAÇÕES COM SINAL DA "TIM" CONTINUAM
A situação estaria ocorrendo em diversos municípios da região
 Os clientes de operadoras de telefonia móvel da região vale do ivaí continuam insatisfeitos com o serviço oferecido pelas empresas. A operadora “TIM” tem sido alvo de reclamações frequentes em diversos municípios da região. Nesta semana, centenas de pessoas, entraram em contato com o repórter Welyngton Jhonis, para reclamar sobre o sinal da operadora. Segundo os clientes, muitas ligações não são completadas e quando ocorre a linha, o sinal é derrubado demorando horas para voltar. Uma das afetadas é a conhecida “Diva”, que mora em Rosário do Ivaí, e vem sofrendo com o sinal. Ela conta que abriu protocolos no site da operadora, mas ficou sem respostas significativas. As respostas foram que o problema deveria ser no meu aparelho ou no meu chip. É um problema que ocorre com todos os meus conhecidos que usam TIM – disse ela, ao repórter Wellyngton Jhonis. Buscando alternativas, Fatima Oliveirra de Faxinal registrou diversos chamados na Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), mas apenas encaminharam o problema para operadora, que continuou sem solução. Segundo o Procon regional, desde o ano passado a operadora recebe notificações para explicar sobre os problemas na cobertura oferecida no vale do Ivaí, explicando que a maior demanda de reclamações no setor, está ligado à telefonia, chegando a 40%. Por telefone, o repórter Wellyngton Jhonis, entrevistou ao vivo, recentemente, pela Rádio Colina do vale FM, o jovem advogado Dr. Orlando Pereira Neto de Maringá, que explicou os direitos do consumidor sobre a situação, e quais as medidas que podem estar sendo tomadas com relação a esta situação.MUNICÍPIOS ENVIAM OFICIOS – O chefe de gabinete da Prefeitura Municipal de Marilândia do Sul Aristides Bueno o “Tidinho” destacou a nossa reportagem, que a prefeitura já enviou diversos ofícios reclamações para a empresa e mesmo assim, não houve respostas e a prestação de serviço na cidade continua precária. A mesma situação teria ocorrido em Borrazópolis, onde a câmara de vereadores, através do vereador Marcelo Rodrigues o “Marcelão” também enviou um oficio para a telefonia, reclamando sobre os serviços prestados para a comunidade. CONTRAPONTO - O repórter Wellyngton Jhonis, tentou contato por telefone com os representantes da operadora TIM , na qual, em nota, ressaltaram:, “como toda empresa de telefonia móvel, os trabalhos da operadora estão sujeitos a fatores externos que impactam a rede, como variações climáticas, além de falhas de fornecedores parceiros como quedas de energia. Os clientes podem acompanhar a evolução da rede no sitewww.tim.com.br/portasabertas. O site traz informações como o detalhamento do plano de melhorias apresentado à Anatel.