terça-feira, 23 de maio de 2017

IVAIPORÃ - Lançará programa Consciência Ambiental na quinta-feira, dia 25

O programa Consciência Ambiental será desenvolvido no Parque Ambiental Jardim Botânico e nas propriedades rurais cadastradas no programa Cultivando Água Limpa. 
A Prefeitura de Ivaiporã lançará, através do Departamento de Meio Ambiente, o programa Consciência Ambiental, na quinta-feira, dia 25 de maio, às 09h00, no Lago Ambiental Jardim Botânico.
Segundo Jayme Ayres, diretor do Departamento de Meio Ambiente, o objetivo é trabalhar a educação ambiental formal e não formal, abordando a necessidade de preservar o meio ambiente em relação ao lixo, rios e às matas. “Durante 4 anos, o programa Consciência Ambiental atenderá cerca de 5 mil estudantes, que terão contato direto com a natureza e a oportunidade de conhecer na prática os problemas ambientais”, destaca Ayres. O programa Consciência Ambiental será desenvolvido no Parque Ambiental Jardim Botânico e nas propriedades rurais cadastradas no programa Cultivando Água Limpa. O objetivo é promover visitas e caminhadas ecológicas com alunos e professores. Posteriormente, serão realizados trabalhos em sala de aula, tendo como centro de interesse das diversas disciplinas o aproveitamento das pesquisas, visitas e caminhadas.
A melhor maneira promover educação ambiental é conscientizando as crianças e adolescentes, porque eles também passam a preservar o meio ambiente”, afirmou o prefeito Miguel Amaral. Segundo Jayme Ayres, trata-se de um programa de educação ambiental baseado na visitação de escolas públicas e particulares de Ivaiporã, com previsão de execução até 2020. O programa inclui ações como caminhar na mata, plantar árvores, tocar na terra, observar aves e animais, bem como, a produção de plantas entre outras tarefas peculiares que, segundo Jayme Ayres, são impossíveis de desenvolver na escola diante da falta de áreas naturais. “Por isso, as tarefas ganham importância como atividade educativa, porque iremos trabalhar a educação ambiental como ação de conscientização. Levar os visitantes a conhecer a importância da existência dos recursos naturais, oportunizar à criança e ao adolescente perceber o ciclo natural da vida e gerar recursos para a discussão orientada nas diversas disciplinas escolares”, declarou Jayme Ayres. Além disso, conta com a colaboração das redes municipal, estadual, particular e superior de ensino, Instituto Ambiental do Paraná (IAP) – escritório regional de Ivaiporã, Sanepar (Companhia de Saneamento do Paraná), Funasa, Instituto das Águas, Escritório Regional da Secretaria de Estado do Esporte e Turismo, Copel (Companhia Paranaense de Energia), Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Acisi (Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Ivaiporã), Rotary Club de Ivaiporã, Associação de Moradores de Bairros de Ivaiporã, Central das Associações de Ivaiporã, UEL (Universidade Estadual de Londrina), por meio do programa extensionista: Educação em Saúde - uma forma de prevenção e promoção da saúde no município de Ivaiporã, Conseg (Conselho Comunitário de Segurança) de Ivaiporã, Defesa Civil de Ivaiporã, Cami (Conselho das Associações de Moradores de Ivaiporã) e Conselho Municipal do Plano Diretor.