quarta-feira, 7 de junho de 2017

Chuva causa prejuízos para milhares de moradores e fecha escolas no Paraná

Instabilidade atinge o Paraná desde o início da semana. Chuva deve continuar até quinta-feira (8), segundo o Simepar.

A chuva que atinge o Paraná desde o início da semana causou prejuízos para 2,6 mil pessoas em 21 cidades do estado, segundo um balanço preliminar da Defesa Civil Estadual na manhã desta quarta-feira (7). Mais de 60 pessoas estão desabrigadas em Reserva do Iguaçu, na região oeste.

Ainda conforme a Defesa Civil, o município mais atingido foi Querência do Norte, na região noroeste. A maior parte das ocorrências foi de alagamentos.

Em Curitiba, a chuva afetou a rotina em 25 escolas municipais. Quatro delas vão ficar fechadas nesta quarta para que funcionários possam limpar os estragos da chuva. As unidades são: Escola Municipal Dario Velozo e o CMEI Barigui I, na regional CIC, os CMEIs Curitiba e Vila Torres, na regional matriz. No caso das crianças do CMEI Barigui 1, as aulas serão atendidas provisoriamente no CMEI Hugo Peretti.

Ainda na capital, também houve alagamentos na região central e também em bairros mais afastados, como o Boqueirão, onde a água invadiu até o terminal de ônibus que atende a população local. O terminal segue funcionando, conforme a prefeitura.

A Defesa Civil de Curitiba informou que uma árvore caiu sobre a sede da Secretaria Municipal de Obras, mas ninguém se feriu.

A chuva também deixou 4,2 mil domicílios estão sem energia elétrica na terça. Na manhã desta quarta, a situação já tinha sido normalizada, segundo a Companhia Paranaense de Energia (Copel).

Segundo o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), a chuva deve continuar em todo o estado até esta quinta-feira (8).