segunda-feira, 19 de junho de 2017

FIM DO E-SEDEX - CORREIOS

Correios decidiram acabar com o e-SEDEX. Segundo informações de analistas, um dos motivos é a crise financeira enfrentada pela empresa   
      Nossa reportagem já havia relatado que os Correios, vivendo um de suas maiores crises, poderia acabar com o serviço de e-SEDEX, e é exatamente isto que ocorreu. Nesta sexta-feira, dia 16 de junho, de 2017, a empresa divulgou uma matéria em seu próprio portal, confirmando tal decisão. Veja na íntegra: "A partir da próxima segunda-feira (19 de junho), em virtude da aprovação da nova Política Comercial dos Correios, o serviço e-SEDEX será descontinuado. Dessa forma, todas as postagens de encomendas deverão ser realizadas por SEDEX ou PAC. Além desses serviços, os Correios possuem parcerias com os maiores marketplaces do país e prosseguem com a implantação do novo serviço Correios Log - Comércio Eletrônico, também conhecido como e-Fulfillment, que possibilita à loja virtual ter toda a sua operação de armazenamento, preparação de pedido, postagem e logística completamente realizada pelos Correios, com otimizações operacionais e de custos para os clientes. Mantendo o compromisso de transparência com os seus clientes, os Correios reforçam a parceria com o comércio eletrônico, e afirmam que continuarão a ser a empresa mais acessível ao e-commerce em todo o Brasil. As mudanças da nova Política Comercial da estatal visam atender melhor ao comércio eletrônico, destinando pacotes de encomendas específicos para os clientes desse setor, como os serviços SEDEX, PAC e Logística Reversa, que atendem às diversas necessidades de preços e prazos dos lojistas, além dos consumidores finais. Para mais informações, entre em contato com seu representante comercial", diz a reportagem.