Páginas

sexta-feira, 22 de abril de 2016

GUARAPUAVA - "Padre denunciado por desvio de dinheiro da Igreja"
REDE SUL - O Ministério Público do Paraná (MP-PR) e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) confirmaram nesta quinta-feira (21/04) que quatro pessoas, entre elas um padre de Guarapuava, na região central do Paraná foram denunciadas criminalmente sob a acusação de desviar dinheiro da Igreja Católica do município. O padre envolvido no caso é Sergio Ribeiro Catafesta. A ação penal teve como base o resultado da Operação Sacrilégio, deflagrada em novembro de 2014 pelo Gaeco. De acordo com o MP, os fatos aconteceram nos anos de 2013 e 2014, quando os réus teriam desviado cerca de R$ 70 mil do Setor de Obras da Mitra Diocesana. Conforme a denúncia, o padre teria montado um esquema para beneficiar os outros denunciados, que são seus amigos, pagando a eles valores mais altos dos que os praticados pelo mercado, para reformar de uma unidade de propriedade da Diocese. A denúncia do MP contra os quatro réus é pelo crime de furto qualificado. O padre é denunciado ainda por coação de testemunha no curso do processo (quando se ameaça alguém para mudar o depoimento. A Promotoria pede ainda a reparação do dano de cerca de R$ 70 mil contra à Mitra Diocesana de Guarapuava.